[FEV/20] Confira a diferença entre contabilidade e gestão financeira empresarial

6 minutos para ler

É importante que os setores da empresa estejam funcionando de forma eficiente para alcançar os melhores resultados possíveis e obter um crescimento saudável. Para isso, é importante contar com uma contabilidade e uma gestão financeira empresarial estratégica e, dessa forma, tomar as melhores decisões.

Essas duas atividades são distintas e possuem algumas diferenças significativas, mas, quando trabalham juntas, proporcionam uma série de vantagens capazes de proporcionar o aprimoramento da gestão do negócio e torná-lo mais lucrativo.

Quer saber quais são essas diferenças e a importância de cada área de atuação? Então, continue com sua leitura!

O que é a contabilidade?

A contabilidade é o método pelo qual o gestor consegue adquirir informações relevantes, que permitem a análise do desempenho da organização. O processo é executado por meio de um contador, que monitora todas as operações feitas pela companhia antes mesmo de sua criação, além de avaliar questões importantes, por exemplo:

  • definição da modalidade do negócio constituído (Sociedade Anônima, EIRELI, Sociedade Limitada, entre outros);
  • escolha do regime tributário mais adequado (Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real);
  • elaboração do balanço patrimonial;
  • análise do caixa, contar a pagar e valores a receber, entre outros.

Dessa forma, o profissional contábil vai atuar em parceria com o gestor, providenciando dados precisos e necessários para que a organização saiba corretamente sua situação atual. O que pode ser bastante útil no momento de realizar investimentos, a fim de minimizar riscos que possam envolver o processo, tendo em vista que é possível conhecer toda a movimentação de ativos e passivos que o negócio possui.

Além disso, com base nas informações coletadas pela contabilidade, é possível criar projetos em curto, médio e longo prazos e realizá-los. Entre os principais benefícios estão:

  • atuação em conjunto com o empresário;
  • melhora dos índices;
  • aumento da eficiência da gestão;
  • identificação de lucros e prejuízos por meio do Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE);
  • auxílio na tomada de decisão.

O que é a gestão financeira empresarial?

No caso da gestão financeira empresarial, ela está diretamente ligada com o capital monetário da instituição e elaboração de ações estratégicas focada em investimentos e redução de gastos. Dessa forma, a principal finalidade desse tipo de atuação é que as práticas implementadas, sejam elas para aplicar, realizar alterações, sejam para cortar despesas, gerem os resultados esperados.

Para que isso aconteça, o responsável pelo gerenciamento financeiro deve monitorar os recursos da companhia, averiguando todo o montante que sai e entra no caixa com frequência.

Assim, ele controla os fluxos da organização, analisa os procedimentos administrativos, aplicações, transações financeiras e orienta com o intuito de assegurar a sustentabilidade das finanças. O trabalho do gestor financeiro deve ser alinhado a todas as áreas da empresa, inclusive com questões que englobam os funcionários, por exemplo, um possível aumento de salário.

Em razão dessa atuação interdisciplinar com outros departamentos da organização, é possível criar medidas e, assim, garantir que o negócio não tenha qualquer tipo de prejuízo, já que antes da tomada de decisões que possa gerar impactos no orçamento do negócio, um estudo de viabilidade econômica é feito para que os investimentos, gastos e despesas sejam realizados de forma segura.

Entre as principais vantagens adquiridas ao ter uma boa gestão financeira, podemos citar:

  • busca para que as contas estejam sempre com saldo positivo;
  • embasamento para as decisões mais acertadas;
  • execução de um trabalho de monitoria;
  • controle frequente do fluxo de caixa;
  • acompanhamento da execução das ações projetadas;
  • estudo dos números e viabilidade de eventuais investimentos pelo negócio etc.

Quais são as principais diferenças entre contabilidade e gestão financeira empresarial?

Apesar de serem conceitos distintos e atuarem de forma distintas, elas podem ser alinhadas e complementadas, com foco no alcance de resultados importantes para tornar o negócio mais saudável e competitivo.

As duas trabalham com dados gerados por meio da análise das operações feitas pela organização, no entanto, cada uma é focada em um ponto específico. Veja a seguir as principais diferenças entre elas!

Contabilidade

Tem como função cumprir todas as obrigações fiscais previstas em lei de forma correta, avaliar os valores a pagar e receber que envolvem o negócio, fornecedores e clientes, verificar a apuração de impostos, enquadramento do regime tributários, entre outras questões.

O profissional contábil responsável pelo serviço deve ter bastante cuidado com as transações do passado, como o que foi aplicado, gastos, débitos que estão pendentes, tributos apurados e pagos etc.

Gestão financeira empresarial

Tem como base da atuação os recursos monetários da companhia, com o objetivo de verificar a disponibilidade financeira e como é possível se desenvolver no futuro. Atua ao lado dos membros da presidência e diretoria da empresa, para identificar possíveis problemas, riscos, capacidade de investimento e as chances de acerto com foco no crescimento do negócio.

Dessa forma, enquanto o contador se preocupa com ações pretéritas, o gestor financeiro precisa estar mais atento ao presente e futuro, e com base nas informações fornecidas pela contabilidade, construir suas ideias e propostas.

Depois de identificar essas diferenças fica mais fácil entender que a função do contador é imprescindível para que o gerenciamento financeiro seja eficaz, tendo em vista ser muito difícil projetar o futuro da companhia se o gestor não tiver a posse de informações relevantes e minuciosas das operações executadas nos últimos períodos.

A contabilidade trata dos assuntos da empresa com experiência e entendimento fiscal e tributários, em prol da certeza de que todas as exigências sejam respeitadas e cumpridas dentro do prazo estabelecido. Assim, o gerenciamento financeiro complementa o trabalho do contador, por meio do andamento dos pagamentos e direcionamentos do melhor trajeto a seguir, fazendo com que as duas áreas tenham que trabalhar em conjunto.

Conseguiu entender as principais vantagens entre a contabilidade e gestão financeira? Quando elas atuam de forma alinhada, é possível fazer a análise da situação real do negócio, sendo mais fácil tomar as decisões adequadas para alcançar os objetivos e metas com foco na expansão, lucratividade e aumento da competitividade da companhia.

Conseguiu esclarecer suas principais dúvidas? Então, aproveite sua visita no blog para ler o artigo “Confira a diferença entre contabilidade gerencial e financeira” e entenda um pouco mais sobre o tema!

Você também pode gostar

Deixe um comentário