Saiba como definir metas para a empresa e porque isso é importante - Blog Progresso Contabilidade Saiba como definir metas para a empresa e porque isso é importante - Blog Progresso Contabilidade

Saiba como definir metas para a empresa e porque isso é importante

Definir metas para a empresa pode ser um grande desafio para quem toma as decisões. Veja este post e esclareça todas as suas dúvidas!

Saiba como definir metas para a empresa e porque isso é importante

Entender como definir metas para a empresa pode ser um grande desafio para quem toma as decisões. A verdade é que, para traçar rotas seguras e objetivos ousados, é necessário dominar alguns atributos internos, além de estar por dentro dos movimentos do mercado.

Além disso, quem não tem propósitos não chega a lugar nenhum com tamanha competitividade em vigor. Diante desse cenário, que tal ficar a par da importância da definição de metas e consultar algumas orientações sobre como fazer isso?

Pensando nisso, fizemos este post para te mostrar como definir metas para a empresa, além de esclarecer a importância disso!

Por que definir metas é tão importante?

Traçar metas é importante porque é uma forma de acompanhar o desempenho da organização. Quando você sabe em qual direção pretende ir, fica mais simples mensurar o sucesso. Elas são fragmentos do objetivo alçado, servindo, assim, de indicadores para o caminho.

Em outras palavras, você define objetivos de longo ou médio prazo e estipula passos menores para chegar lá. Lembre-se de que a definição de metas tem a ver com tempo. Portanto, essa ação precisa ser quantificada: estabeleça onde se quer chegar em quantos meses ou anos.

Como traçar metas factíveis?

Um dos grandes erros da gestão é achar que uma meta maior basta para alcançar o que foi estabelecido. Define-se, por exemplo, que o desejo é dobrar o lucro dentro do período de 2 anos. Nesse tempo, quais ações são implantadas para colaborar com esse propósito? Nesse caso, em 6 meses, qual é expectativa? E em 1 ano?

Percebe que ter essa percepção colabora para que possíveis correções e melhorias sejam feitos? A ideia é que sejam direcionadas metas menores, de forma que as ações possam ser medidas e o direcionamento ajustado. Assim, fica praticamente impossível alçar alvos incompatíveis com a realidade.

Faça um diagnóstico da organização

Ainda falando sobre viabilidade, é importante dizer: as metas não podem ser impossíveis, mas devem ser ousadas. Para saber qual é essa medida, é importante fazer um diagnóstico do trabalho atual da empresa.

Em que pé anda a sua produção? Quais são os resultados atuais? Quais esforços são necessários para alcançar uma meta x ou y? Faça essas análises a fim de levantar a viabilidade e o grau de desafio de cada objetivo estabelecido.

Mapeie os procedimentos envolvidos

Uma vez que os recursos necessários foram elencados, é hora de fazer um mapeamento de todos os processos envolvidos no alcance da meta alçada. Quando ela é macro — ou seja, envolve o resultado final da empresa — diversas áreas estão envolvidas e a performance de cada uma faz toda a diferença.

Por isso, a gestão precisa prever o estilo de trabalho necessário para alcançar as metas propostas, criando condições para que a entrega desse alto desempenho seja possível. Ao mapear as atividades, fica mais fácil observar se tudo está em ordem e ocorrendo como deveria.

Além disso, planos de ação possibilitam a simples detecção de erros nos procedimentos. Com as equipes alinhadas e as lideranças cientes de como cada etapa deve ser, as chances de equívocos, ruídos na comunicação e retrabalhados diminui. Sendo assim, esquematize todo o fluxo de trabalho até o cumprimento da meta e acompanhe de perto.

Estabeleça indicadores para medição

Os indicadores dão o norte para a análise de resultado. Com cada passo determinado, é preciso estabelecer quais métricas traduzem o desempenho que se quer medir. Se o objetivo é diminuir a rotatividade de colaboradores da empresa em um determinado período, por exemplo, o índice de turnover é o indicador perfeito.

Se a sua meta tem a ver com vendas, por outro lado, será necessário determinar medidas que dizem respeito a essa atividade, como o ticket médio, custo de aquisição por cliente etc. Lembre-se de que a contabilidade é uma forte aliada nesse momento, já que serve como ferramenta de levantamento e análise desses dados.

Envolva toda a equipe no processo

Já ouviu aquela história de que uma andorinha só não faz verão? Para saber como definir metas para a empresa, é importante considerar esse pensamento. Por mais centralizada que a sua gestão seja, é fundamental considerar que quem representa a linha de frente do negócio sempre obtém informações importantíssimas.

O ponto principal desse fato é que quem atua no tático e operacional conhece o dia a dia da empresa, sabendo quais são os maiores desafios e gargalos enfrentados. Ao questionar o que pode ser melhorado — no sentido da atuação do empreendimento —, você vai encontrar caminhos sólidos para a definição e alcance das metas.

Além disso, não deixe de comunicar quais são os objetivos e planos de ação. Cada um precisa estar ciente de seu papel dentro do todo. Envolver as pessoas nas metas da empresa é uma forma de criar métodos de incentivo e reconhecimento. Engaje a equipe no caminho do progresso e os resultados serão bem melhores!

Apoie-se no planejamento estratégico

Aqui vai a dica de ouro: o planejamento estratégico é a base para toda e qualquer atividade da empresa. Mesmo quando o assunto é traçar metas, tudo o que for pensado deve ser apoiado nele — ou seja, no propósito e grandes objetivos da organização, além de sua razão de existir — e na estratégia determinada para sua atuação.

Muitas pessoas pensam que o planejamento estratégico é algo que se faz antes de abrir a empresa e que fica lá, parado, sendo apenas planos antigos num papel. A verdade é que nesse esquema estão todas as diretrizes empresariais. Além disso, planejar é uma ação constante, pois o reflexo da estratégia deve estar presente no cotidiano.

Ajuste sempre que for necessário

Faça o mapeamento dos processos — os planos de ação —, defina indicadores para medir o sucesso e envolva toda a sua equipe na definição e caminho para alcançar os objetivos e metas, sempre seguindo o que o planejamento estratégico estabeleceu como diretriz para o desempenho da organização.

Caso você chegue à conclusão que as metas não conversam com o planejamento estratégico ou que ele não dá suporte para indicar como definir metas para a empresa, é hora de analisar todo o direcionamento. Um negócio é como um organismo vivo, portanto, não há nenhum problema em rever uns conceitos de vez em quando, ok?

Agora que você sabe como definir metas para a empresa, aproveite para assinar a nossa newsletter e receber nossos conteúdos em primeira mão!