Breakeven: o que é o ponto de equilíbrio e porque você precisa conhecer esse termo?

breakeven ou ponto de equilíbrio

Breakeven: o que é o ponto de equilíbrio e porque você precisa conhecer esse termo?

Já pensou em ter mais segurança na hora de decidir sobre a viabilidade de uma empresa? Entenda o breakeven e qual sua importância.

Talvez você ainda não saiba exatamente o que significa breakeven, mas esse é um indicador importante para a contabilidade empresarial. Por meio dele, você sabe quando o negócio começa a ter lucro — assim, pode se preparar para fazer investimentos e enfrentar os primeiros meses de funcionamento.

Basicamente, o também chamado ponto de equilíbrio permite entender melhor as finanças da empresa. Com isso, ele é fundamental para o sucesso da empreitada.

Para você entender melhor, criamos este post com as principais informações sobre o breakeven point, sua importância e como pode ser calculado. Saiba mais!

Afinal, o que é breakeven?

No mercado corporativo e financeiro, o breakeven representa o ponto de equilíbrio, ou seja, o momento em que receitas e despesas são iguais. Em outras palavras, é quando acontece o famoso “zero a zero”.

A partir dele, o negócio tem chance de melhorar seus resultados. Por isso, conhecer esse indicador é válido para reforçar o capital de giro e garantir a sustentabilidade financeira da empresa.

Tecnicamente, o breakeven é quando existe a equiparação financeira e contábil da empresa. Nesse cenário, ela não tem lucros nem prejuízos. É o caso de obter R$50 mil de ganhos, mas ter gastos equivalentes, também de R$50 mil.

Por que o breakeven é importante?

Existem duas situações em que é importante conhecer o ponto de equilíbrio empresarial. A primeira delas é quando o negócio é recente.

Nesse caso, esse indicador mostra qual a média de capital de giro necessária para manter o negócio em funcionamento até dar lucro. Por exemplo, o breakeven é alcançado com R$100 mil.

A partir desse dado, é possível prever quanto tempo levará para chegar a esse lucro e, assim, ter o retorno do investimento. Portanto, nesse cenário, o indicador demonstra se o negócio é viável.

A outra situação é para uma empresa em funcionamento. Aqui, também é importante conhecer o breakeven, porque ele permite saber quando determinado investimento ou projeto começará a render lucro.

Com esse dado, você pode fazer mudanças na gestão e definir estratégias mais acertadas para a contabilidade gerencial. Por exemplo, pela definição de metas a serem alcançadas e busca pela redução de custos.

Por que vale a pena conhecer o ponto de equilíbrio da empresa?

Qualquer que seja o caso, o breakeven é essencial para identificar a saúde financeira da empresa. Ao calculá-lo, você analisa os resultados da empresa e classifica-os como positivos ou negativos.

Por meio dele, você tem uma visão mais estratégica do negócio. Isso ajudará em várias decisões a serem tomadas, como:

Em suma, o breakeven permite saber como está a situação financeira da empresa e o que você precisa fazer para mantê-la viável. Dentro desse cenário, os principais benefícios obtidos com esse indicador são:

  • identificação do nível que o investimento deve alcançar para recuperar o capital inicialmente aplicado;
  • consideração de uma margem de medida de segurança;
  • análise da negociação de ações e opções, além de orçamento empresarial.

Como calcular o breakeven?

Para chegar a esse indicador, você deve inicialmente identificar as entradas e saídas do caixa da empresa. Basicamente, é preciso saber quanto se ganha e gasta.

Nas entradas, basta obter o valor relativo às vendas com produtos ou serviços. No entanto, o ideal é ter a receita por unidade.

Já as saídas precisam ser divididas em: 

  • custos fixos — são aqueles que têm o mesmo valor e são permanentes, mesmo quando não há vendas. Por exemplo, internet e aluguel;
  • custos variáveis — mudam de acordo com a necessidade de produção ou vendas. É o caso da compra de matérias-primas ou insumos.

Portanto, para esse cálculo, você precisa analisar e separar todos os gastos. Por exemplo, digamos que a receita por unidade seja de R$20. Por sua vez, o custo variável relativo ao item é de R$8,50 e o custo fixo mensal de toda a operação é de R$1.000.

Com esses valores, é possível aplicar a seguinte fórmula:

Esse resultado indica que você precisa vender, aproximadamente, 87 unidades até alcançar o breakeven. A partir disso, sua empresa obterá lucros.

Outra fórmula permite calcular quanto sua empresa precisa faturar para chegar ao ponto de equilíbrio. Nesse caso, é preciso saber:

  • o total de vendas no período analisado;
  • os custos fixos do mesmo intervalo de tempo;
  • os custos variáveis relacionados.

Imagine que o total de vendas foi de R$10.000. Os custos fixos foram de R$4.500 e as variáveis foram de R$2.000 mil. Com esses valores, a fórmula fica da seguinte forma:

Portanto, seria preciso ter uma receita equivalente a R$5.625 no período para começar a ter lucro.

Qualquer que seja a fórmula aplicada, o breakeven ajuda entender a situação atual da empresa. Além disso, mostra o que é preciso fazer para mantê-la como um negócio sustentável. Portanto, é um dos principais indicadores para quem deseja ter mais precisão nas tomadas de decisão.

E você, gostou de conhecer melhor o ponto de equilíbrio e quer ver outras dicas? Siga o perfil da Progresso Contabilidade no Instagram e se atualize.

Close Bitnami banner
Bitnami