Contabilidade para startups: como é aplicada? Contabilidade para startups: como é aplicada?

Contabilidade para startups: como é aplicada?

Acesse este artigo para conhecer as aplicações da contabilidade para startups e entenda a importância do serviço para esse tipo de empresa!

Contabilidade para startups: como é aplicada?

A contabilidade para startups é fundamental para o sucesso do negócio. Por quê? Neste post, vamos explicar melhor.

Há muito tempo, o contador deixou de ser um profissional que apenas contabiliza os tributos de uma empresa. Ele também elabora planejamentos, ajuda na tomada de decisões e muito mais. Devido a isso, a contabilidade para startups é um dos serviços mais importantes para garantir o sucesso do negócio.

Porém, ainda há mais a abordar sobre a contabilidade nas empresas startups. Neste conteúdo, vamos mostrar como funcionam essas empresas, quais são as aplicações da contabilidade e por que, nesses casos, é fundamental contar com uma assessoria especializada. Confira!

Como funciona uma startup?

Startup é um negócio que cria um jeito inovador de atender a uma demanda do público. Muitas pessoas relacionam o conceito a inovações tecnológicas. No entanto, nem sempre a empresa estará relacionada à área de TI.

Então, o que caracteriza esse tipo de negócio? Os principais aspectos são resumidos nos seguintes pontos: 

  • modelo de negócios: traz uma maneira inovadora de gerar valor ao cliente;
  • incerteza: não há garantias de que o negócio dará certo;
  • escalabilidade: a empresa deve conseguir entregar o mesmo produto de forma escalável. Ou seja, deverá atender a uma demanda crescente sem aumentar seus custos na mesma proporção;
  • repetibilidade: a startup deve ser capaz de entregar o mesmo produto ou serviço em escala ilimitada;
  • potencialidade: o negócio é promissor e pode gerar grandes lucros.

Devido a suas características, esse tipo de empresa ainda não está consolidado. Além disso, exige investimento de terceiros. Contudo, investidores e especialistas costumam tomar muito cuidado antes de alocar capital em uma startup em razão do risco existente.

Qual é a aplicação da contabilidade para startups?

A contabilidade exerce um grande papel na redução de riscos, melhoria na tomada de decisões e eliminação de problemas fiscais. Entenda algumas das principais aplicações desse serviço em uma startup.

Obrigações fiscais e tributárias

Além de cumprir as obrigações tributárias principais (pagamento dos tributos), há um amplo número de obrigações acessórias que precisam ser realizadas. Entre as responsabilidades delegadas ao contador estão: 

  • registros nos órgãos adequados e obtenção de todas as licenças exigidas para a formalização do negócio;
  • escrituração de notas fiscais;
  • elaboração de relatórios contábeis;
  • realização da folha de pagamento;
  • entrega aos órgãos fiscalizadores de declarações, como: eSocial, Relatório Anual de Informações Sociais (Rais), Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (DIRF), Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), entre outras.

Regime tributário

Durante a abertura de uma empresa, ou antes de encerrar seu exercício, o empreendedor pode escolher entre três regimes tributários: Lucro Real x Lucro Presumido x Simples Nacional. Entenda-os resumidamente: 

  • Lucro Real: os impostos incidem diretamente sobre o lucro;
  • Lucro Presumido: presume-se que a empresa reserva uma parte dos ganhos aos lucros e, sobre esse valor, incidem os tributos;
  • Simples Nacional: regime com menos burocracia e alíquotas reduzidas.

Não há alternativa melhor do que a outra. Por isso, é necessário ter o apoio de um contador para analisar características, como atividade, faturamento e incentivos fiscais. Assim, é possível definir o modelo mais vantajoso para a startup.

Valuation

Valuation é um processo que analisa o valor de uma empresa. Essa informação é importante para realizar transações, aquisições, auxiliar na tomada de decisão e até nos processos judiciais. Por isso, só pode ser feito com demonstrações financeiras, tornando-se imprescindível o apoio de um bom contador.

Movimentação financeira

Startups devem ter muito cuidado com a movimentação financeira, ou seja, entrada e saída de dinheiro, realização de investimentos e projetos. O contador ajuda nesse quesito ao maximizar o controle sobre as contas.

Por que contratar uma contabilidade para startups?

As aplicações citadas acima já demonstram por que vale a pena contar com um auxílio especializado. Porém, existem muitas vantagens ao ter uma contabilidade em empresas startups. A seguir, explicamos as principais.

Facilita a abertura da empresa

Toda empresa aberta no Brasil passa por um processo burocrático. O tempo médio para esse procedimento ficou em 2 dias e 13 horas, em média, no ano de 2020. No entanto, esse prazo contabiliza os Microempreendedores Individuais (MEIs), que têm um processo facilitado.

Em relação ao custo para abertura, pode chegar a 2 mil reais se for uma startup ou outra empresa que não seja MEI. Com uma contabilidade profissional, é possível agilizar o processo. Isso porque todos os dados e documentações são revisados.

Assim, também há redução de custos na abertura da empresa. Afinal, você deixa de perder tempo, consegue trabalhar mais rápido e evita ter que enviar várias vezes os mesmos arquivos.

Reduz impostos

Uma das vantagens da contabilidade em empresas startups é a elaboração do planejamento tributário. A ideia é simples: um regime de impostos é escolhido, a fim de efetivar a chamada elisão fiscal.

Diferente da evasão, essa prática permite pagar o mínimo possível de tributos dentro do que a lei preconiza. No entanto, esse objetivo só é conquistado quando há o auxílio de um contador especializado.

Assim, o gerenciamento dos impostos pagos se torna mais eficiente. Com o tempo, o profissional ainda pode encontrar formas de fazer a recuperação de crédito tributário. Ou seja, uma revisão dos tributos quitados nos anos anteriores é feita para identificar o que foi em excesso.

Dessa forma, é feita uma solicitação ao governo para reaver os valores extras. Em outras palavras, essas práticas ajudam na adequação tributária. Isso permite aplicar bem a legislação brasileira, que é bastante complexa.

Abre novos caminhos para investimentos

A própria adequação tributária ajuda nesse aspecto. Porém, a atração de investimentos também passa pela figura do contador, que atua mais como um orientador nestas situações. Com o auxílio contábil correto, é possível: 

  • identificar oportunidades;
  • encontrar investimentos passíveis de geração de lucro;
  • subsidiar as tomadas de decisão;
  • verificar estratégias que possam agregar valor ao negócio e melhorar o desempenho.

Para as startups, isso é fundamental. Primeiramente, porque elas precisam ganhar destaque no mercado. No entanto, elas também dependem de rodadas de investimento. Isso significa que elas apresentam suas informações para possíveis investidores aportarem capital.

Nesse cenário, é indispensável ter uma contabilidade na empresa startup. Além de garantir que os dados estão corretos, essa é uma forma de fazer uma boa gestão de riscos, que identifique quais são eles e os minimize.

Auxilia no processo de valuation

O cálculo do valuation depende de vários fatores. Os principais são o fluxo de caixa descontado para o valor presente, conforme o custo de capital. Sem a ajuda de um contador, algum erro pode ser cometido. Além disso, as exigências do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) tendem a ser ignoradas.

Mais do que isso, o profissional de contabilidade considerará o potencial de retorno e de crescimento do negócio. Tudo isso embasado em demonstrativos financeiros e contábeis. Ao fazer isso, a startup tem mais segurança nos processos de transações e aquisições, nos processos judiciais e nas finalidades contábeis.

Garante escalabilidade

Por mais que esse seja um pilar da startup, pode ser difícil aumentar a produção sem elevar os custos na mesma proporção. Aqui, entra a figura do contador. Ele indica o que pode ser feito para adaptar o modelo de negócio, se necessário. Um exemplo é a adoção da tecnologia.

Aperfeiçoa a gestão de riscos

Por ser um negócio mais arriscado, a startup precisa fazer uma boa gestão das suas incertezas. A contabilidade nas empresas ajudam nesse quesito, ao revisar processos, riscos, movimentações e atividades.

Além disso, o profissional analisará índices de custos, inadimplência e rentabilidade. Assim, poderá indicar os melhores caminhos para uma gestão financeira sustentável.

Qual é a importância de procurar uma assessoria especializada?

Com a ajuda de um bom serviço contábil, a startup conquista um grande número de benefícios, veja alguns deles: 

  • eliminação de erros nas declarações fiscais e problemas com o Fisco;
  • escolha mais vantajosa do regime tributário;
  • aumento do conhecimento sobre as contas do negócio;
  • ajuda no aporte de capital de investidores;
  • concentração do gestor nas suas atividades principais;
  • melhoria na tomada de decisões financeiras.

Assim, a contabilidade para startups é fundamental para atrair investidores, minimizar os riscos e aumentar a probabilidade de sucesso. Por isso, é necessário contratar um serviço contábil especializado e moderno, que consiga atender às demandas desse tipo de negócio.

Este conteúdo foi útil para você? Então, deixe seu comentário! Estamos abertos a feedbacks e opiniões!