Sua empresa está com impostos atrasados? Descubra o que fazer!

Mulher pensativa, olhando para um papel

Sua empresa está com impostos atrasados? Descubra o que fazer!

Quando uma empresa tem impostos atrasados, ela pode sofrer graves consequências. Além do prejuízo financeiro com multas e correção do valor dessas dívidas fiscais, também existe a possibilidade de ser inserida em listas de inadimplência e impedida de participar de licitações públicas. Por isso, é importante buscar a regularização.

Neste artigo, você vai entender melhor o que pode acontecer com uma empresa que está com impostos atrasados, e descobrir o que pode ser feito para regularizar a situação. Confira!

Consequências dos impostos atrasados

Uma empresa que tem impostos atrasados sofre consequências até mais graves do que outros tipos de dívidas. Acompanhe.

Multas

Em primeiro lugar, a empresa pode receber multas severas, conforme as regras aplicadas segundo a legislação. Além das multas, os valores devidos também são corrigidos e podem sofrer incidência de juros.

Cadastro de inadimplência

Além das multas, a empresa pode ser inserida em cadastros de inadimplência. Como resultado, será mais difícil conseguir acesso a linhas de crédito, como empréstimos e financiamentos. Isso pode prejudicar desde planos de expansão do negócio até a própria manutenção das operações, se houver algum outro problema financeiro em jogo.

Perda de oportunidades

Em terceiro lugar, a empresa pode ser impedida de participar de licitações públicas. Assim, ela perde a oportunidade de fornecer produtos e serviços para o Estado, o que significa que uma boa porta de negócios é fechada.

Processo e perda de bens

Por fim, a empresa pode ser processada pela execução da dívida fiscal. O processo, por sua vez, cria uma série de dificuldades. Uma delas é que os bens da empresa podem ser bloqueados e penhorados para o pagamento da dívida.

Além dessas consequências, de acordo com o tipo de tributo que deixa de ser recolhido, a empresa também pode sofrer danos à sua reputação. Um exemplo bem típico disso é o caso da empresa que não recolhe corretamente o FGTS dos funcionários. Nesse caso, sua reputação como empregadora fica prejudicada, e pode tornar-se mais difícil atrair talentos para a equipe.

Como fazer a regularização da situação fiscal

Antes que as consequências dos impostos atrasados comecem a surgir, é necessário tomar ação para regularizar a situação fiscal da empresa. Para isso, há cinco recomendações fundamentais.

1. Conheça as alternativas disponíveis para realizar o pagamento

Em alguns casos, é possível realizar o parcelamento da dívida. Desta forma, o impacto da regularização sobre as finanças da empresa pode ser mitigado, distribuindo essa despesa ao longo de um período mais longo. 

2. Avalie as condições especiais

Tenha atenção às condições especiais que o governo pode oferecer para incentivar os inadimplentes a quitar suas dívidas fiscais.

Por exemplo, em razão da pandemia, foi criado em junho de 2020 um programa de renegociação permitindo que empresas em dificuldades pagassem suas dívidas com descontos de até 70%, sendo que os descontos sobre multas, correção e juros podiam chegar a 100%.

3. Planeje-se

A terceira recomendação é realizar um planejamento, considerando o impacto do pagamento dos impostos atrasados sobre as finanças do negócio.

É importante visualizar como essa despesa adicional vai afetar a saúde financeira da empresa, considerando todos os demais gastos e as receitas projetadas. Além disso, não se esqueça de que, enquanto o pagamento dos atrasados é realizado, a necessidade de recolher os impostos referentes ao período corrente também não desaparece.

4. Faça um planejamento fiscal

Realize um planejamento fiscal para o futuro. Esse planejamento inclui, entre outras coisas, desenhar uma estratégia para que a empresa pague menos impostos, sem violar nenhuma legislação. Desta forma, após a regularização dos impostos atrasados, será menos provável que a inadimplência volte a ser um problema para o negócio.

5. Busque apoio profissional

A última recomendação diz respeito a algo que, na verdade, deve ser feito logo no começo. Com a ajuda de um parceiro especializado em serviços de contabilidade empresarial, todo o processo de apurar os impostos atrasados e realizar o pagamento fica muito mais simples, permitindo que o empresário se dedique a outros assuntos da gestão de seu negócio. Outro benefício é o menor risco de erros no recolhimento.

Neste artigo, você entendeu melhor a importância de regularizar a situação dos impostos atrasados da empresa. Além disso, viu as cinco principais recomendações para realizar esse processo com sucesso e colocar a situação fiscal e financeira do negócio de volta no caminho certo.

Quer acompanhar mais conteúdos exclusivos com dicas sobre a gestão de empresas? Acompanhe a Progresso Contabilidade no Instagram, Facebook, LinkedIn e YouTube!

Close Bitnami banner
Bitnami