Feriados nacionais de 2017: Como reverter o impacto na PME? - Blog Progresso Contabilidade Feriados nacionais de 2017: Como reverter o impacto na PME? - Blog Progresso Contabilidade

Feriados nacionais de 2017: Como reverter o impacto na PME?

feriados nacionais de 2017

Feriados nacionais de 2017: Como reverter o impacto na PME?

Feriado é uma delícia, certo? Nem sempre! Pergunte a um comerciante, por exemplo, o que ele acha de ficar 17 dias durante o ano com as portas fechadas. Sim, esse será o número total de feriados nacionais de 2017, o que está tirando o sono de muitos empreendedores, principalmente das PMEs (pequenas e médias empresas).

Segundo a Fecomercio — Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo —, esses feriados significarão uma perda de R$ 10,5 bilhões este ano; o que representa um aumento de 2% em relação a 2016. Isso porque haverá, em 2017, mais pontes e feriados durante a semana.

Entretanto, a boa notícia é que é possível reverter esse quadro. As pequenas e médias empresas devem estar atentas a algumas oportunidades. Por isso, preparamos este post com dicas especiais para quem quer faturar mesmo em meio a tantos feriados. Vamos lá?

Faça campanhas promocionais

Uma boa opção para o empresário é planejar campanhas promocionais com antecedência. Para isso, aproveite os dias que antecedem os feriados e venda seus produtos e serviços a preços mais baixos.

Outra dica é colocar em promoção exatamente os produtos que podem ser usados por quem vai aproveitar o feriado, como:

  • roupas de banho;
  • protetor solar;
  • cosméticos;
  • acessórios.

Defina novas metas

Funcionários e vendedores que ganham comissão sobre as vendas também ficam desestimulados com tantos feriados. Então, redistribua as metas diárias.

Como haverá menos dias úteis ao longo do mês, faça um novo planejamento de metas de vendas e apresente para seus funcionários. Será bom para você e para eles!

Recorra à internet

Tem um tipo de comércio que nunca fecha as portas, que funciona 24 horas por dia 7 dias por semana. Trata-se do e-commerce. Que tal partir para essa alternativa? Você precisará de:

  • uma formação básica;
  • um bom site;
  • uma estrutura de logística.

Mas, caso não queira fazer esse investimento agora, também é possível divulgar serviços e produtos nas redes sociais ou até mesmo pelos aplicativos de mensagens instantâneas. Dessa forma, você desperta o interesse dos clientes, que terão mais tempo para dar atenção às promoções. Certamente, depois do feriado, eles vão procurar sua loja!

Dê atenção a vitrines e fachadas

Prepare, com todo o cuidado, as vitrines de sua loja. Mesmo de portas fechadas, uma boa vitrine pode ser o diferencial que faz aquele cliente voltar na segunda-feira.

Outra dica é usar as portas do estabelecimento e fachadas como verdadeiros outdoors, com cartazes e adesivos chamativos. Dessa forma, será mais fácil para as pessoas se conectarem à marca nas redes sociais, por exemplo.

Abra no feriado

Essa tem sido a opção de muitos empresários. Porém, a Fecomercio alerta que os custos operacionais podem não compensar o esforço. O empreendedor tem que pagar 100% de adicional para os funcionários e mais 37% de encargos.

A Federação tem lutado por uma modernização nas leis trabalhistas, para que comerciantes e empregados possam entrar em um acordo em situações como essa.

E você, gostou de nossas dicas de como reverter o impacto dos feriados nacionais de 2017 na PME? Vai colocar em prática alguma delas? Deixe seu comentário no post!