Análise SWOT: o que é, as vantagens e como fazer na empresa - Blog Progresso Contabilidade Análise SWOT: o que é, as vantagens e como fazer na empresa - Blog Progresso Contabilidade

Análise SWOT: o que é, as vantagens e como fazer na empresa

Com a análise SWOT, você saberá como maximizar os pontos fortes da empresa, corrigir as fraquezas e preparar-se contra as possíveis ameaças! Leia tudo aqui!

Análise SWOT: o que é, as vantagens e como fazer na empresa

Diante de um mercado cada vez mais concorrido, empresas de todos os portes e ramos estudam a aplicação de ferramentas de planejamento estratégico que possam fazê-las se destacar perante os concorrentes. Se você também deseja isso para sua empresa, um instrumento que permite alcançar isso é a análise SWOT.

Preparamos, então, este artigo com tudo que você precisa saber para entender o que é essa análise, como ela funciona, seus objetivos e benefícios práticos à empresa e, por fim, como fazê-la adequadamente. Boa leitura!

Em que consiste a análise SWOT?

De forma bastante resumida, ela se trata de um estudo realizado para identificar quais são as principais qualidades do negócio, bem como desafios a serem superados para alcançar o sucesso.

A sigla SWOT é uma abreviação para os atributos Força (Strength), Fraqueza (Weakness), Oportunidade (Opportunity) e Ameaça (Threat). Entenda como analisar cada um desses elementos no seu negócio:

  • S: pontos fortes, capazes de gerar diferenciais competitivos. Exemplos incluem talentos e líderes natos no quadro de colaboradores da empresa, bem como parceiros e/ou fornecedores de longa data;
  • W: pontos fracos que precisam ser superados, como a falta de uma boa gestão fiscal;
  • O: acontecimentos externos que podem beneficiar o negócio, como uma mudança na legislação tributária que cria um incentivo fiscal;
  • T: ocorrências que prejudicam a empresa, como o surgimento de uma crise econômica generalizada.

As forças e fraquezas são fatores internos do negócio, o que significa que o gestor poderá aplicar as medidas adequadas para aproveitar de suas vantagens e corrigir seus erros. Já as oportunidades e ameaças são fatores externos: elas surgem independente das ações dos gestores, devendo o gestor apenas preparar a empresa para suas ocorrências — não desperdiçando uma oportunidade ou sucumbindo a uma ameaça.

Quais são as vantagens de sua aplicação?

A análise SWOT traz vários benefícios para a empresa que a aplica. O maior deles é como ela permite que os empreendedores saibam exatamente quais são os pontos a serem aproveitados ou melhorados dentro da organização. Quanto a outras vantagens, podemos listar:

  • simplicidade: o processo de elaboração é simples e mais rápido em comparação a outros métodos;
  • custos menores: não são exigidos treinamentos ou especialidades para elaborá-lo;
  • flexibilidade: o gestor pode adicionar questões e informações que julgar necessárias;
  • síntese: um grande número de informações sobre a empresa é sintetizado em apenas uma análise;
  • colaboração: recomenda-se a cooperação dos líderes de todos os setores para fazer a análise, o que aumenta o espírito de equipe dos gestores.

Como fazê-la corretamente?

Na prática, a matriz é criada em uma planilha com quatro quadrantes: os dois da parte superior representam as forças e fraquezas (fatores internos), enquanto os inferiores são as oportunidades e ameaças (fatores externos).

O gestor está livre para preencher os quadrantes da forma que entender mais adequada. No entanto, se você estiver com dúvidas, recomendamos que você responda às seguintes perguntas em cada um deles:

Forças

  • quais são as melhores atividades desempenhadas pela empresa?
  • quais recursos se destacam mais no negócio?
  • qual o seu diferencial competitivo?
  • os clientes estão engajados?

Fraquezas

  • a mão de obra é capacitada?
  • custos invisíveis elevados?
  • quais são as vantagens da concorrência?
  • a empresa está regularizada?

Oportunidades

  • as mudanças da política econômica governamental favorece a empresa?
  • a empresa pode conseguir investimentos externos?
  • há mudanças na legislação tributária que podem favorecer a empresa?

Ameaças

  • há surgimento de nova concorrência na região?
  • mudanças nas políticas governamentais prejudicam o negócio?
  • talentos desejam sair da empresa por motivos pessoais?

Essa análise é fundamental para fazer um planejamento estratégico completo. Com isso, as empresas garantirão mais insumos para realizar decisões assertivas e, assim, estar à frente da concorrência.

Utilizando a  análise SWOT corretamente, você saberá como maximizar os pontos fortes da empresa, corrigir as fraquezas, preparar-se contra as possíveis ameaças e aproveitar eventuais oportunidades. Em suma, isso significa que você terá todo o conhecimento necessário para levar seu negócio ao melhor desempenho possível.

Depois deste artigo, o que acha de conhecer ainda mais ferramentas para se destacar no mercado? Ficou interessado? Então leia agora mesmo sobre como a contabilidade pode ajudar sua empresa na redução dos custos!