Controle de estoque

Controle de estoque: Como fazer um controle eficiente?

O controle de estoque é uma das áreas mais importantes de uma empresa. Portanto, ela merece atenção detalhada por parte dos gestores de qualquer tipo de negócio. Tratar o estoque como um mero depósito, sem um mínimo de planejamento, compromete seriamente as reposições de sua loja, o que influencia negativamente no fluxo de operações.

Assim, seja para pequenas lojas ou mesmo grandes empresas, gerir o estoque de um modo eficaz é fundamental para garantir a rentabilidade do negócio. Por isso, a busca pela otimização de processos no controle de estoques, com o objetivo de economizar tempo e dinheiro, tem sido cada vez mais constante nos dias de hoje.

Neste post, você verá 5 dicas para manter um controle de estoque eficiente em sua empresa. Confira!

1. Entenda o que é controle de estoque

O controle de estoque é utilizado para que o empreendedor veja de forma mais clara a quantidade de produtos que sua empresa possui. Esse conceito deve levar em conta três elementos fundamentais:

  • registro de itens;
  • fiscalização;
  • gestão de entrada e saída.

O registro de itens nada mais é do que as classificações específicas de cada produto:

A fiscalização serve para controlar melhor os produtos de uma empresa, evitando assim perdas ou extravios.

E, por fim, a gestão de entrada e saída permite otimizar investimentos em mercadorias armazenadas, buscando maior equilíbrio com o ritmo de vendas.

O controle de estoque é utilizado, também, para analisar os produtos mais vendidos de uma loja, bem como os que tem menor saída.

2. Defina padrões e regras

Em primeiro lugar, o espaço destinado ao estoque de sua empresa precisa ser organizado e limpo. É fundamental que o local para cada produto esteja definido de acordo com os seus requisitos de armazenamento, ou seja:

  • circulação de ar;
  • temperatura;
  • umidade etc.

Também é muito importante fazer um controle rígido de entrada e saída para um bom gerenciamento de seu estoque. Isso facilita o planejamento estratégico dos produtos mais ou menos vendidos.

3. Estabeleça processos e responsabilidades

Um bom controle de estoque depende de diversos fatores, como:

  • organização física;
  • atualização de informações;
  • relatórios de inventários;
  • fluxos de entrada e saída, entre outros.

É importante que essas etapas estejam bem definidas e, o mais importante, haja responsáveis definidos para cada uma delas. Dê preferência a profissionais organizados, experientes e, principalmente, de sua confiança.

4. Estipule volume mínimo e máximo para cada mercadoria

Um outro passo importante para garantir um bom controle de estoque é definir o volume mínimo e máximo de cada mercadoria. Afinal, nem todos os produtos de sua loja são vendidos igualmente, certo?

Para definir esse volume, é necessário levar em conta:

  • a procura dos clientes;
  • a velocidade da rotatividade (giro de estoque);
  • o preço pago;
  • o prazo de entrega dos fornecedores;
  • o tempo entre o recebimento do produto e a sua entrega final aos clientes.

Busque o equilíbrio!

5. Faça queimas de estoque quando necessário

Em alguns casos, é comum que determinadas mercadorias não saiam tanto e fiquem encalhadas no estoque. Isso pode causar grande prejuízo para sua empresa, já que o espaço destinado a esses produtos poderia ser utilizado para armazenar outras mercadorias que vendem mais.

Nessas situações, uma queima de estoque pode ser muito útil: faça uma grande liquidação com os produtos parados e libere o espaço para mercadorias mais rentáveis!

E aí? O que achou de nossas dicas? Você tem mais alguma recomendação para um controle de estoque eficiente? Conte-nos nos comentários abaixo!

Facebook Comments

Contador e empresário há 27 anos no setor, tem como principal característica, a inovação e a transformação da prestação de serviços contábeis, com foco no resultado de seus clientes. Transformador, investe em infraestrutura, na valorização de sua equipe e no desenvolvimento de novas tecnologias, valorizando a mente, a gestão e os resultados de todos os envolvidos, equipe, clientes e fornecedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *